Depois de uma tentativa frustrada de uma professora da rede pública do Rio de Janeiro em explicar o Período Napoleônico para os seus alunos, o personagem Acerola – da série Cidade dos Homens – aceita o desafio de explicar o conteúdo para a turma, utilizando uma linguagem que faz parte do cotidiano da rapaziada.

Isto leva a uma questão: quais os limites da aprendizagem significativa? rs