Na prova do Enem 2014, tente resolver esta questão sobre a forma como se deram as disputas territoriais e os interesses da potências europeias durante o Imperialismo. A resolução está logo abaixo da questão, com comentários e habilidades cobradas na prova, assim como o resumo que você deve ler para aprofundar neste tema.

Questões: Disputas Territoriais no Imperialismo

Três décadas — de 1884 a 1914 — separam o século XIX — que terminou com a corrida dos países europeus para a África e com o surgimento dos movimentos de unificação nacional na Europa — do século XX, que começou com a Primeira Guerra Mundial. É o período do Imperialismo, da quietude estagnante na Europa e dos acontecimentos empolgantes na Ásia e na África.
ARENDT, H. As origens do totalitarismo. São Paulo Cia. das Letras, 2012.

O processo histórico citado contribuiu para a eclosão da Primeira Grande Guerra na medida em que

a) difundiu as teorias socialistas.
b) acirrou as disputas territoriais.
c) superou as crises econômicas.
d) multiplicou os conflitos religiosos.
e) conteve os sentimentos xenófobos.

Confira a resolução 😉

Resposta: B

Habilidade: Identificar os significados histórico-geográficos das relações de poder entre as nações.

Resolução: As políticas imperialistas adotadas pelas potências tradicionais e ascendentes da Europa, a partir da metade do século XIX, no contexto da Segunda Revolução Industrial, deram-se como uma forma de suprir necessidades econômicas – fornecimento de matéria-prima para as indústrias e para o mercado consumidor – e demográficas. Assim, a conquista e a exploração de novos territórios na Ásia e na África, por meio do Neocolonialismo, mostraram-se fundamentais nessa nova fase do capitalismo.

Resumo: Imperialismo