Na prova do Enem 2012, tente resolver esta questão sobre os conflitos envolvendo o governo do monarca D. Pedro I e a população em Minas Gerais e Rio de Janeiro, no contexto do Primeiro Reinado. A resolução está logo abaixo da questão, com comentários e habilidades cobradas na prova, assim como o resumo que você deve ler para aprofundar neste tema.

Questão: Noite das Garrafadas

Após o retorno de uma viagem a Minas Gerais, onde Pedro I fora recebido com grande frieza, seus partidários prepararam uma série de manifestações a favor do imperador no Rio de Janeiro, armando fogueiras e luminárias na cidade. Contudo, na noite de 11 de março, tiveram início os conflitos que fi caram conhecidos como a Noite das Garrafadas, durante os quais os “brasileiros” apagavam as fogueiras “portuguesas” e atacavam as casas iluminadas, sendo respondidos com cacos de garrafas jogadas das janelas.
VAINFAS, R. (Org.). Dicionário do Brasil Imperial. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008 (adaptado).

Os anos finais do I Reinado (1822-1831) se caracterizaram pelo aumento da tensão política. Nesse sentido, a análise dos episódios descritos em Minas Gerais e no Rio de Janeiro revela

a) estímulos ao racismo.
b) apoio ao xenofobismo.
c) críticas ao federalismo.
d) repúdio ao republicanismo.
e) questionamentos ao autoritarismo.

Confira a resolução 😉

Resposta: E

Habilidade: Avaliar criticamente conflitos culturais, sociais, políticos, econômicos ou ambientais ao longo da história.

Resolução: Os episódios ocorridos em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, entre janeiro e abril de 1831, revelam como os ânimos estavam exaltados contra a monarquia autoritária e centralista chefiada pelo Imperador D. Pedro I. Essa forte tensão política e a intensa oposição do Partido Brasileiro culminaram na abdicação de nosso primeiro monarca.

Resumo: Primeiro Reinado