Na prova do Enem 2014, tente resolver esta questão sobre a expansão ferroviária e seu significado social e econômico no Brasil durante a República Velha.  A resolução está logo abaixo da questão, com comentários e habilidades cobradas na prova, assim como o resumo que você deve ler para aprofundar neste tema.

Questão: Ferrovias na República Velha

A Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, que começa a ser construída apenas em 1905, foi criada, ao contrário das outras grandes ferrovias paulistas, para ser uma ferrovia de penetração, buscando novas áreas para a agricultura e povoamento. Até 1890, o café era quem ditava o traçado das ferrovias, que eram vistas apenas como auxiliadoras da produção cafeeira.
CARVALHO, D. F. Café, ferrovias e crescimento populacional: o florescimento da região noroeste paulista. Disponível em: www.historica.arquivoestado.sp.gov.br. Acesso em: 2 ago. 2012.

Essa nova orientação dada à expansão ferroviária, durante a Primeira República, tinha como objetivo a

a) articulação de polos produtores para exportação.
b) criação de infraestrutura para atividade industrial.
c) integração de pequenas propriedades policultoras.
d) valorização de regiões de baixa densidade demográfica.
e) promoção de fluxos migratórios do campo para a cidade.

Confira a resolução 😉

Resposta: D

Habilidade: Analisar a ação dos estados nacionais no que se refere à dinâmica dos fluxos populacionais e no enfrentamento de problemas de ordem econômico-social.

Resolução: O texto Café, ferrovias e crescimento populacional ressalta a diferença na concepção da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, por ser de “penetração para a agricultura e povoamento”, diferentemente das anteriores, “auxiliadoras da produção cafeeira”.

Resumo: República Oligárquica