Na prova do Enem 2009, tente resolver esta questão sobre a criação do programa Hora do Brasil e o seu funcionamento durante o governo do presidente Getúlio Vargas. A resolução está logo abaixo da questão, com comentários e habilidades cobradas na prova.

Rádio antigo com vários botões

Para ter mais informações sobre este exame nacional, dê uma olhada no post Tudo sobre o Novo Enem.

Questão

Questão 62:

A partir de 1942 e estendendo-se até o final do Estado Novo, o Ministro do Trabalho, Indústria e Comércio de Getúlio Vargas falou aos ouvintes da Rádio Nacional semanalmente, por dez minutos, no programa “Hora do Brasil”. O objetivo declarado do governo era esclarecer os trabalhadores acerca das inovações na legislação de proteção ao trabalho.
GOMES, A. C. A invenção do trabalhismo. Rio de Janeiro: IUPERJ / Vértice. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1988 (adaptado).

Os programas “Hora do Brasil” contribuíram para

a) conscientizar os trabalhadores de que os direitos sociais foram conquistados por seu esforço, após anos de lutas sindicais.
b) promover a autonomia dos grupos sociais, por meio de uma linguagem simples e de fácil entendimento.
c) estimular os movimentos grevistas, que reivindicavam um aprofundamento dos direitos trabalhistas.
d) consolidar a imagem de Vargas como um governante protetor das massas.
e) aumentar os grupos de discussão política dos trabalhadores, estimulados pelas palavras do ministro.

Confira a resolução 😉

Resposta: D

Habilidade: Identificar o papel dos meios de comunicação na construção da vida social.

Comentários: Para acertar esta questão, é só ficar ligado em um detalhe: o Estado Novo foi uma ditadura, com moldes totalitários. Logo, conscientização e autonomia, movimentos grevistas e estímulo a discussões políticas eram palavras proibidas na época. Assim, a única alternativa associada ao marketing político do programa da Rádio Nacional é a letra D.