Na prova do Enem 2002, tente resolver esta questão sobre os hábitos alimentares de diferentes culturas, em especial o costume largamente difundido de comer com as mãos, sem o uso de talheres. A resolução está logo abaixo da questão, com comentários e habilidades cobradas na prova.

Mistura de objetos de diferentes culturas

Para ter mais informações sobre este exame nacional, fique atualizado nas notícias sobre o Enem.

Esta é mais uma questão que trata especialmente dos aspectos culturais dos povos indígenas brasileiros, neste caso as suas tradições alimentares.

Questão

Questão 50:

Comer com as mãos era um hábito comum na Europa, no século XVI. A técnica empregada pelo Índio no Brasil e por um português de Portugal era, aliás, a mesma: apanhavam o alimento com três dedos da mâo direita (polegar, indicador e médio) e atiravam-no para dentro da boca.

Um viajante europeu de nome Freireyss, de passagem pelo Rio de Janeiro, já no século XIX, conta como “nas casas das roças despejam-se simplesmente alguns pratos de farinha sobre a mesa ou num balainho, donde cada um se serve com os dedos, arremessando, com um movimento rápido, a farinha na boca, sem que a mínima parcela caia para fora”. Outros viajantes oitocentistas, como John Luccock, Carl Seidler, Tollenare e Maria Graham descrevem esse hábito em todo o Brasil e entre todas as classes sociais. Mas para Saint-Hilaire, os brasileiros “lançam a [farinha de mandioca] à boca com uma destreza adquirida, na origem, dos indígenas, e que ao europeu muito custa imitar”.

Aluísio de Azevedo, em seu romance Girândola de amores (1882), descreve com realismo os hábitos de uma senhora abastada que só saboreava a moqueca de peixe “sem talher, à mão”.

Dentre as palavras listadas abaixo, assinale a que traduz o elemento comum às descrições das práticas alimentares dos brasileiros feitas pelos diferentes autores do século XIX citados no texto.

a) Regionalismo (caráter da literatura que se baseia em costumes e tradições regionais).
b) Intolerância (não-admissão de opiniões diversas das suas em questões sociais, políticas ou religiosas).
c) Exotismo (caráter ou qualidade daquilo que não é indígena; estrangeiro; excêntrico, extravagante).
d) Racismo (doutrina que sustenta a superioridade de certas raças sobre outras).
e) Sincretismo (fusão de elementos culturais diversos, ou de culturas distintas ou de diferentes sistemas sociais).

Confira a resolução 😉

Resposta: Letra E

Habilidade: Identificar as manifestações ou representações da diversidade do patrimônio cultural e artístico em diferentes sociedades.

Comentários: Esta é uma questão de humanas, com alto teor de antropologia em contexto histórico, fazendo referência a hábitos e trocas culturais entre portugueses e indígenas.