Na prova do Enem 2000, tente resolver esta questão sobre o trabalho de um escravo durante o Segundo Reinado, no Brasil Império, na visão do grande escritor Machado de Assis. A resolução está logo abaixo da questão, com comentários e habilidades cobradas na prova.

Sino antigo

Para ter mais informações sobre este exame nacional, fique atualizado nas notícias sobre o Enem.

Esta questão trata do Segundo Reinado. Mais especificamente, da visão de um escritor do cotidiano brasileiro a respeito do trabalho de um escravo. Para conhecer mais sobre o contexto histórico do documento, assim como as leis destacadas no enunciado, sugerimos a leitura deste resumo sobre o segundo reinado.

Questão

Questão 29

O texto abaixo foi extraído de uma crônica de Machado de Assis e refere-se ao trabalho de um escravo.

“Um dia começou a guerra do Paraguai e durou cinco anos, João repicava e dobrava, dobrava e repicava pelos mortos e pelas vitórias. Quando se decretou o ventre livre dos escravos, João é que repicou. Quando se fez a abolição completa, quem repicou foi João. Um dia proclamou-se a República. João repicou por ela, repicaria pelo Império, se o Império retornasse.”
(MACHADO, Assis de. Crônica sobre a morte do escravo João, 1897)

A leitura do texto permite afirmar que o sineiro João:

a) por ser escravo tocava os sinos, às escondidas, quando ocorriam fatos ligados à Abolição.
b) não poderia tocar os sinos pelo retorno do Império, visto que era escravo.
c) tocou os sinos pela República, proclamada pelos abolicionistas que vieram libertá-lo.
d) tocava os sinos quando ocorriam fatos marcantes porque era costume fazê-lo.
e) tocou os sinos pelo retorno do Império, comemorando a volta da Princesa Isabel.

Confira a resolução 😉

Resposta: Letra D

Habilidade: Interpretar historicamente e/ou geograficamente fontes documentais acerca de aspectos da cultura.

Comentários: Esta questão exige interpretação e, apesar de discorrer sobre fatos históricos, não cobra conhecimento sobre estes fatos. Ora, se João repicava o sino independente do sistema de governo, significa que ele não se posicionava politicamente. Muito menos parecia estar preocupado com aspectos da escravidão. Repicava quando ocorria e era divulgado algum fato marcante. Talvez isto represente a falta de envolvimento do brasileiro com aspectos relacionados com sua própria história. Leia este resumo sobre o segundo reinado.