Na prova do Enem 2011, tente resolver esta questão sobre a forma como o café era interpretado, devido à sua origem, assim que a bebida chegou em território europeu, no século XVII. A resolução está logo abaixo da questão, com comentários e habilidades cobradas na prova.

Grãos de Café

Para ter mais informações sobre este exame nacional, fique atualizado nas notícias sobre o Enem.

Questão

Questão 38

O café tem origem na região onde hoje se encontra a Etiópia, mas seu cultivo e consumo se disseminaram a partir da Península Árabe. Aportou à Europa por Constantinopla e, finalmente, em 1615, ganhou a cidade de Veneza. Quando o café chegou à região europeia, alguns clérigos sugeriram que o produto deveria ser excomungado, por ser obra do diabo. O papa Clemente VIII (1592-1605), contudo, resolveu provar a bebida. Tendo gostado do sabor, decidiu que ela deveria ser batizada para que se tornasse uma “bebida verdadeiramente cristã”.
(THORN, J. Guia do café. Lisboa:  Livros e livros, 1998 (adaptado).

A postura dos clérigos e do papa Clemente VIII diante da introdução do café na Europa Ocidental pode ser explicada pela associação dessa bebida ao

a) ateísmo.
b) judaísmo.
c) hinduísmo.
d) islamismo.
e) protestantismo.

Confira a resolução 😉

Resposta: D

Habilidade: Interpretar historicamente e/ou geograficamente fontes documentais acerca de aspectos da cultura.

Comentários: O texto fala que o café se disseminou a partir da Península Árabe, o que gera uma associação com o Islamismo. Considerando as dificuldades que a Igreja estava atravessando e o aumento da repressão religiosa a partir da Contrareforma, qualquer manifestação cultural não-cristã era considerada heresia.