No livro Os botões de Napoleão-17 moléculas que mudaram a História, Jay Burreson e Penny Le Couteur fazem uma fascinante análise de 17 grupos de moléculas que – como o estanho dos botões dos uniformes do exército napoleônico que se desintegraram no frio do inverno russo – influenciaram a história mundial e produziram grandes feitos e avanços.

Livro: Os botões de Napoleão

 >> Compre na Livraria Saraiva (R$ 54,90)
>> Compre na Loja Submarino (R$ 41,90)

O livro foi lançado em 2006 e contém 344 páginas. Ao ler, você vai conferir

  • A noz-moscada – importante especiaria comercializada na Expansão Marítima – desenvolve o isoeugenol, composto químico que repelia pulgas e podia proteger as pessoas desses insetos que transmitiram a peste bubônica. Isto agregava valor econômico à especiaria.
  • A piperina – composto que dá as propriedades da pimenta – acaba se relacionando às bolsas de valores, à medida que os investimentos para ir comprá-la no Oriente eram muito altos e exigiam a participação de muitos investidores no empreendimento.
  • Os romanos ricos armazenavam vinhos em recipientes de chumbo, que produz envenenamento e interfere diretamente no sistema nervoso, o que talvez ajude a explicar as excentricidades de imperadores como Nero e Calígula.
  • o estanho – material usado nos uniformes das tropas napoleônicas – se esfarela a temperaturas muito baixas. Esse fenômeno químico pode ter contribuído na derrota do imperador francês na campanha da Rússia, em pleno e glacial inverno.

Obs: Pessoal, não nos responsabilizamos caso haja falta de exemplares, pois depende do estoque da loja. Além disso, podem ocorrer eventuais alterações nos valores mencionados.