O livro 1822, de Laurentino Gomes, é resultado de três anos de pesquisas e composta por 22 capítulos intercalados com ilustrações de fatos e personagens da época. A obra cobre um período de quatorze anos, entre 1821, data do retorno da corte portuguesa de D. João VI a Lisboa, e 1834, ano da morte de D. Pedro I.

Livro 1822

>> Compre na Livraria Saraiva (R$ 44,90)

>> Compre na Loja Submarino (R$ 44,90)

O livro foi lançado em 2010 e contém 372 páginas. Ao ler, você vai ver que:

  • No Brasil de 1822, de cada três brasileiros, dois eram escravos, negros forros, mulatos, índios ou mestiços. O medo de uma rebelião dos cativos assombrava a minoria branca como um pesadelo. Os analfabetos somavam 99% da população. Os ricos eram poucos e, com raras exceções, ignorantes.
  • Ao voltar a Portugal, no ano anterior, o rei D João VI, havia raspado os cofres nacionais. O novo país nascia falido. Faltavam dinheiro, soldados, navios, armas ou munições para sustentar uma guerra contra os portugueses, que se prenunciava longa e sangrenta.
  • O autor relata como o Brasil de 1822 acabou dando certo por uma notável combinação de sorte, improvisão, acasos e também de sabedoria dos homens responsáveis pelas condução dos destinos do novo país naquele momento de grandes sonhos e muitos perigos.