Após o assassinato de seu grande amor, o escocês William Wallace, cansado dos abusos e da violência dos ingleses contra seu povo, se revolta e junto aos seus compatriotas declara guerra contra a Inglaterra. Wallace lidera várias batalhas em que os escoceses lutam contra a dominação inglesa, usando da determinação e da inteligência para compensar os poucos homens que tinham em comparação ao exército inimigo.

Filme Coração Valente

>> Compre na Livraria Saraiva (R$ 16,90)

Dados Técnicos

Diretor: Mel Gibson
Duração: 120 min
Ano: 1995
País: EUA
Gênero: Épico
Cor: Colorido

Curiosidades

  • Sir William Wallace (1276-1305) foi um guerreiro escocês que liderou seus compatriotas na resistência à dominação inglesa imposta pelo reinado de Eduardo I. Sua participação foi decisiva na Guerra da Independência Escocesa.
  • Este foi apenas o 2º filme dirigido por Mel Gibson. O primeiro fora “O Homem Sem Face” (1993).
  • Diversas cenas de batalha tiveram que ser refilmadas, pois alguns figurantes apareciam usando óculos escuros e relógios de pulso.
  • O primeiro dia de filmagens foi em 6 de junho de 1994, no 50º aniversário do Dia D.
  • Além dos animais reais, foram produzidos cavalos mecânicos para as filmagens de batalhas.
  • Sean Connery recusou o papel do Rei Eduardo I, pois ele já estava envolvido na produção de “Justa Causa” (1994).
  • Originalmente, o diretor Mel Gibson queria que o ator Jason Patric representasse William Wallace.
  • Segundo os historiadores, o rei Eduardo I nunca instituiu o recurso da primae noctis, que permitia a nobres e oficiais ingleses tirar a virgindade de uma noiva no dia de seu casamento.
  • Durante o filme, os guerreiros da Escócia usam kilts nas batalhas. Porém, esta vestimenta só foi incorporada aos escoceses a partir do século XVI.
  • Após a Batalha de Falkirk, Isabella se sentiu atraída por Wallace, e eles tiveram um romance. O problema é que, quando ocorreu esta batalha, Isabella tinha apenas 3 anos de idade
  • O filme mostra que Isabella teve um filho com Wallace, Edward III. No entanto, Eduardo III só nasceu sete anos depois da morte de Wallace.