O período que vai do séc. V ao XI, aproximadamente, é conhecido por muitos como Idade das Trevas. Na verdade, o termo foi cunhado na década de 1330 por Petrarca, para fazer referência ao declínio da literatura latina. Mais tarde, foi tomado pelos protestantes (séc. XVI) e, em seguida, pelos pensadores iluministas (séc. XVIII) como um termo depreciativo.

O termo não oferece um julgamento justo. Felizmente, para os atuais estudantes de História, o período é agora conhecido como Alta Idade Média. Assim, dado os antecedentes sobre o termo, eis aqui cinco razões pelas quais a Idade das Trevas foram, na verdade, um período de grande progresso. Esta lista foi extraída e adaptada do Listverse.

1- Surgimento da Álgebra

Pergaminho com escrita em árabe

Graças ao conhecimento do povo islâmico, o mundo ocidental recebeu o primeiro livro sobre álgebra. O livro “Compêndio sobre Cálculo por Completude e Balanço” foi escrito por Al-Khwarizmi, e o título árabe do livro (al-?abr) inspirou o termo “álgebra”. Este livro forneceu a primeira solução sistemática de equações lineares e quadráticas. Al-Khwarizmi, juntamente com Diophantas, é considerado o Pai da álgebra.

2- Arte e Arquitetura

Exemplo de arquitetura da Idade Média

Durante a Alta Idade Média, a arquitetura foi diferente e inovadora. Ela introduziu a idéia de imagens realistas na arte, e estabeleceu as bases para o período românico, que surgiu na Baixa Idade Média. O período também incluiu a introdução e absorção de formas clássicas e conceitos arquitetônicos.

3- Renascimento Carolíngio

Pessoas estudando na Idade Média

O Renascimento Carolíngeo foi um período de avanços na literatura, redação, artes, arquitetura, jurisprudência, estudos bíblicos e litúrgicos, que ocorreu no final do séc. VIII e IX. O mais conhecido rei carolíngio foi Carlos Magno. O Império Carolíngio foi considerado um renascimento da cultura do Império Romano.

4- Nascimento das Universidades

Pessoas estudando nas universidades da Idade Média

A educação clássica foi o sistema utilizado pelas universidades que foram criadas na Alta Idade Média. As universidades ensinavam artes, direito, medicina e teologia. A Universidade de Bolonha, fundada em 1088, foi a primeira a conceder titulação. Além da estrutura clássica, com base no ensino grego antigo, essas universidades medievais eram fortemente influenciadas pela educação islâmica, que foi próspera na época.

5- Desenvolvimento Agrícola

Práticas de agricultura na Idade Média

Se porventura você quisesse morrer de fome, a Alta Idade Média não seria o momento apropriado para isso! Como conseqüência do excelente clima e grande conhecimento agrícola, o Ocidente se destacou nessa área. Durante o Feudalismo, ferramentas de ferro foram largamente utilizadas, e o gerenciamento da terra era feito pelo sistema de rotação de culturas. Excedentes também foram criados para que os animais fossem alimentados com grãos, e não grama.