A parte militar está bombando neste blog. Depois de publicar a lista de 15 armas antigas mortíferas, é hora de abordar o seus correlatos produzidos no oriente. Grande parte destas armas foram produzidos por civilizações no Japão, China e Coreia, apesar de haver algumas, como a urumi, que foram produzidas na Índia. Portanto, aprecie nossa lista de 15 armas orientais.

Nesta lista, novamente temos a colaboração do amigo carioca Klaus Provenzano. Se você curte história militar, fique ligado também na lista de 5 potentes armas de cerco e top 10 exércitos mais poderosos.

1- Naginata

Lança Naginata

naginata é basicamente uma lâmina de katana montada em um cabo de lança. Já existia na China Han. Com a proibição de qualquer pessoa, no Japão Medieval, exceto samurais portarem ou treinarem com katanas, mulheres e monges se especializaram no uso destas armas, capazes de desmontar cavaleiros e, ao mesmo tempo, manter uma distância segura do inimigo. Sua desvantagem é que são armas pouco discretas e exigem o uso treinado das duas mãos.

2- Tonfa

Arma Tonfa

A criatividade japonesa para armas práticas era imensa.  A tonfa é um cassetete que pousando ao longo do antebraço se torna um poderoso escudo e graças a seu cabo ortogonal  é capaz de vibrar golpes de ponta e giratórios tão devastadores quanto os de um mangual ou nunchaku.

3- Sai

Adaga Sai

Outra prova da criatividade japonesa. A sai é basicamente uma adaga que presta principalmente para golpes de ponta, de baixo para cima ou de cima para baixo, mas é o seu formato de mini-tridente que  possibilita aparar uma lâmina de katana e quebrá- la com uma torção do punho do usuário da sai.

4- Nunchaku

Arma Nunchaku

Muitas armas surgiram de fins pacíficos. O nunchaku  era usado na antiga China para debulhar arroz, trigo e painço. O nun significa numero dois (dois bastões ligados por corrente curta). A versão ferramenta agrícola poderia ter até 3 bastões. Seu conjunto articulado pela corrente amplia a velocidade conseguida na ponta do bastão porque não está seguro na mão do usuário. Assim o golpe é bem mais devastador do que de uma clava de mesmo peso.

5- Kyu

Arco Kyu

Os japoneses  e coreanos solucionaram o problema de possuir  arcos de bom alcance para uso sobre cavalos sem ter que usar arcos enormes ou usar arcos feitos de muitos materiais. Assim, foi criado o kyu, um arco assimétrico. Os primeiros samurais eram, sobretudo, arqueiros montados usando kyu, a espada era arma secundaria.  A ética dos arqueiros montados era que cada um deles caído deveria levar muitos inimigos com ele. Isto só se consegue sem combate corpo-a-corpo. Esta ética nunca entrou fácil na cabeça de guerreiros helenizados.

6- Chukonu

Besta Chukonu

As bestas mais antigas são chinesas. O maior know-how deste povo permitiu atacar o principal problema das bestas: recarregá-la. O chukonu era uma besta de repetição. A tentativa da infantaria chinesa superar a cadência de tiro dos arqueiros montados turco-mongóis, seus vizinhos nômades do norte e oeste. O chukonu era uma arma cara, seu mecanismo era complexo e talvez não pudessem produzir  o número necessário.

7- Yari

Lança Yari

O yari é uma arma barata e eficaz, preferida das milícias camponesas em Índia, China, Coreia e Japão antigos. O bambu é flexível, forte e fácil de encontrar. Até Guerra do Vietnã viu-se como são praticas nas mãos de  pessoas ou simples mente como parte de armadilhas.

8- Shuriken

Estrela Shuriken

O shuriken são armas perigosas se adicionadas a venenos ou nas mãos de arremessadores treinados. Boas na emboscada, mas não em guerra. Cada estrela da morte vinha no formato do emblema do clã, quando não se queria anonimato.

9- Katana

Espada Katana

A katana é a prova viva da genialidade japonesa. Eles retiraram leite de pedra, com o péssimo ferro que tinham. A katana era a arma secundária dos arqueiros montados vindos da Coreia que unficaram o Japão – os yamatos.  Nesta época ainda não havia um culto da espada. Mas ficaram na katana características típicas de arma secundária de cavaleiro. Ela foi feita para cortar, não para furar  e nem mesmo para terçar espada contra espada.  Seu cabo para mão e meia, possibilita usá-la com uma ou duas mãos. Ela se quebra fácil perto de uma lâmina de Toledo.

10- Tessen

Leque Tessen

Os tessen, ou leques de guerra, foram muito utilizados como instrumentos de ataque e defesa por praticantes de artes marciais da China, do Japão e da Coreia. Como uma arma, é feito com hastes de metal afiadas na ponta e seda endurecida. Fechado, pode ser usado como um pequeno punhal e aberto pode ser usado para “esfaquear” o oponente. É normalmente considerado arma de kung fu. Apesar de atualmente os leques serem mais conhecidos como objetos de decoração, ainda são utilizados como instrumentos em treinos de artes marciais como o Tai Chi Chuan. São também utilizados em artes marciais como o Ninjutsu.

11- Kusarigama

Arma Kusarigama

Kusarigama é uma arma tradicional japonesa que consiste de uma kama (foice) com uma longa corrente presa ao cabo e um peso de metal na outra extremidade da corrente. Embora o kusarigama seja derivado de uma foice de agricultor, e embora a foice fosse frequentemente usada como arma pelos agricultores durante a era feudal do Japão, é importante notar que esses agricultores não usavam a kusarigama. Para atacar, o usuário balança a corrente com o peso fazendo um grande círculo sobre a cabeça, e então chicoteia para frente ao enlaçar a arma ou até mesmo imobilizar os braços ou pernas do adversário. Isso permite ao usuário do kusarigama avançar facilmente e atacar com a foice.

12- Urumi

Chicote Urumi

 Misto de chicote e espada, o urumi é uma das muitas armas indianas exóticas usadas na pratica do vadjiranamurti. Em repouso, a arma fica encolhida como uma língua de sogra, mas aos ser brandida, a lâmina estica como a língua de sogra ao ser soprada. Seu recolhimento posterior pode causar dano adicional.

13- Tetsubishi

Arma Tetsubishi

Os Tetsubishis são objetos pontiagudos, de material natural ou não, com três ou mais pontas afiadas que, conforme caiam, permaneçam com uma das pontas para cima, pois são jogados no chão para retardar o oponente. Eram muito usados pelos ninjas, pois tem a grande vantagem de serem de fácil uso e não necessitarem de técnicas elaboradas. São correspondentes aos estrepes europeus.

 14- Chigiriki

Arma Chigiriki

 O chigiriki é uma arma japonesa. Trata-se de uma madeira sólida ou oca (às vezes de bambu) ou bastão de ferro com um peso de ferro e uma corrente no final, as vezes retrátil. O chigiriki é uma variação mais agressiva da arma kusarigama. Ele pode ser usado para atacar ou embaraçar o adversário, bem como para esquivar dos golpes e capturar ou neutralizar a arma dos adversários.

15- Kunai

Arma Kunai

Kunai é uma arma ninja que consiste em uma lâmina de ferro com um grande furo na base, destinado a amarrar cordas, originário da era Tensho no Japão. Eram destinadas ao arremesso com ou sem corda, a fim de ferir o inimigo à grande distância. Muito utilizada por ninjas em casos de assassinatos. Kunai é uma arma muito eficiente e que pode ser destinada para diversos fins. Os ninjas utilizavam-na para arremesso, servir de uma espécie de pinos de escalada, para fazer armadilhas, etc.